Só Jesus Cristo é o Senhor

Vivendo a graça(pastor geciano vieira)

                                               2crônicas 33.1-16 – “Juízo e graça”

INTRODUÇÃO. O ano é 687 a 642 a.c o seu nome significa“ele faz esquecer” Filho do rei Ezequias e Hefzibá, o personagem é  Manassés,  Menashé,. Mas este Manassés foi o pior homem da Bíblia. Ninguém o superou em maldade.  Punido por Deus, se arrependeu dos seus pecados, Deus o perdoou e o restaurou.

1.  UM HOMEM CUJO NASCIMENTO FOI RESPOSTA DE ORAÇÃO E CHORO

Filho de Ezequias, nascido no período de vida a mais que este recebeu. Doente terminal, Ezequias ia morrer e pediu mais tempo de vida. Recebeu 15 anos (Is 38.1 e 5). Manassés nasceu neste período, pois começou a reinar com 12 anos, quando o pai morreu (2Cr 33.1). Fruto de uma resposta de oração, deveria ser um homem temente e grato a Deus.

2. AS ATITUDES DE UM HOMEM CUJO NASCIMENTO FOI RESPOSTA DE ORAÇÃO E CHORO, MAS QUE ABANDONOU DEUS

Ao invés de gratidão, eis uma síntese do que fez:  2Crônicas 33.2-9. Ele levou a nação a ser pior que as pagãs.  Deus o julgou: 2Crônicas 33.11. Deus julga até os produtos de milagre. Ninguém pense que é especial de Deus e por isso está acima do seu juízo. Não há imunidade para pecar.

3. A ORAÇÃO DE UM HOMEM QUE ABANDONOU A DEUS FOI PUNIDO, MAS SE ARREPENDEU

(1)   2cronicas 33: 12  “Angustiado” (VR), “no seu sofrimento” (NTLH), “em sua angustia” (Séc. 21).  A oração verdadeira nasce aqui, da angústia. No sofrimento devemos nos lembrar de Deus. Ele é o socorro: Salmo  4.1.

(2)     “Humilhou-se” (VR, Século 21) ou “cheio de humildade” (NTLH).  Orar não é declarar ou exigir de Deus, mas depender dele. Neopentecostais dizem que orar “faça-se a tua vontade”, é falta de fé. Temos que determinar. Então, Jesus não tinha fé: Lucas 22.41-42. Humildade não é ar piegas, mas dependência. Não determina, mas pede. IMPORTANTE: quem se arrepende muda de atitude (vv. 15-16): desfez o que fizera de errado. Orar não é só pedir coisas. É comprometer-se com Deus, é corrigir-se. Quem ora muda sua vida. Quem ora está em crescimento espiritual.

4. A AÇÃO DE DEUS PARA COM OS ARREPENDIDOS DE SEUS PECADOS

(1) Disciplina o pecador quando acha que deve fazê-lo: v. 11. Será que alguns de nossos problemas não são por nossa causa? Basta pedir socorro ou devemos mudar?

(2) Ouve a sua oração: v. 13-a. Deus ouve orações até de gente errada, que queira refazer a vida. Não é nossa santidade nem nosso poder em oração. É sua graça. Não há mérito, apenas graça.

(3) Transforma a situação: v. 13-b. Deus pode mudar a situação, por pior que seja. É por isto que oramos! Deus pode mudar as coisas em sua vida.

CONCLUSÃO. A reviravolta começou em 13-b: “Manassés reconheceu que o Senhor era Deus”. Precisamos reconhecer a soberania de Deus. Ele pode, age, é soberano. Manassés o provocou e só entendeu seu erro quando Deus o tocou. Não andemos errados e nem esperemos que ele nos toque para reconhecermos seu poder. E, por pior que esteja nosso estado espiritual, lembremos que Deus ouve a oração sincera até mesmo do pior pecador. Há juízo, sim. Mas, felizmente, há graça!

Pesquisar no site

Foto utilizada com a permissão da Creative Commons Neil Armstrong2  Redação: Pastor Geciano Vieira