Só Jesus Cristo é o Senhor

Primeira viagem Missionaria de Paulo(pastor geciano vieira)

Estudo para lideres do pequeno grupo  Primeira viagem missionária de Paulo

Inicio Da Primeira viagem missionária de Paulo

I. Comissão Para A Obra (de Antioquia da síria)

Quando Deus chamou Paulo e Barnabé  à igreja em Antioquia tinha muita gente inteligente e capacitada, dos quais Barnabé e Paulo fazia parte Deus não chama desocupado mais sim pessoas capacitadas ou pelo menos aquelas que na igreja estão envolvida com a obra e se capacitando (Atos 13:1) - E NA igreja que estava em Antioquia havia alguns profetas e doutores, a saber: Barnabé e Simeão chamado Níger, e Lúcio, cireneu, e Manaém, que fora criado com Herodes o tetrarca, e Saulo.  

Mais Deus escolheu pelo o espírito santo Paulo e barnabé para aquele trabalho específico (Atos 13:2) - E, servindo eles ao Senhor, e jejuando, disse o Espírito Santo: Apartai-me a Barnabé e a Saulo para a obra a que os tenho chamado.

Na comissão para fazer a obra de cristo um dos fatores mais importantes é a comunhão com cristo e consagração, direção do espírito e benção da igreja (Atos 13:3) - Então, jejuando e orando, e pondo sobre eles as mãos, os despediram.

O espírito é quem chama, capacita e dar a direção quando existe uma preocupação por parte do comissionado em fazer a vontade de Deus (Atos 13:4) - E assim estes, enviados pelo Espírito Santo, desceram a Selêucia e dali navegaram para Chipre. Saulo e barnabé atendendo a voz do espírito foram a selêucia e seguiram até Chipre.

O comissionado prega em todo tempo, todo lugar, com ousadia e unção do espírito sem medo de fracassar ou não conseguir, prepara cooperadores e auxiliares para o crescimento da obra e o desfechar da missão e visão. Paulo e barnabé quando chegaram a Chipre cuidaram logo em preparar João marcos, pois eles sabiam que não iriam demorar muito ali (Atos 13:5) - E, chegados a Salamina, anunciavam a palavra de Deus nas sinagogas dos judeus; e tinham também a João como cooperador.

II. As Grandes Mudanças Nos serviços.  

Da grande ilha da Turquia (Chipre) Paulo e Barnabé chegam a Pafos (Atos 13:6) - E, havendo atravessado a ilha até Pafos, acharam um certo judeu mágico, falso profeta, chamado Barjesus, onde logo em seguida vive na sua primeira viajem missionária duas situações opostas:

a) O pro cônsul Sergio Paulo que procurava ouvir a palavra de Deus (Atos 13:7) - O qual estava com o pro cônsul Sérgio Paulo, homem prudente. Este, chamando a si Barnabé e Saulo, procurava muito ouvir a palavra de Deus. Quando decidimos fazer a obra do senhor encontramos pessoas com as características de Sergio Paulo que recebem a palavra de Deus com amor e interesse essas nos fazem ficar motivados, alegres, e nos inspira mais e mais para continuarmos, mais nós não devemos nos deixar iludir por causa disso, pois o ministério é ardo.  Já os outros tipos de pessoa vejam.

b) O outro tipo são aquelas que tratam a palavra com dureza por causa das suas crenças, tradições, estilo de vida elas não recebem a palavra de Deus e ainda ficam se atravessando na frente daquelas que querem receber agindo como pedra de tropeço esse foi o papel de Elimas o mágico. (Atos 13:8) - Mas resistia-lhes Elimas, o encantador (porque assim se interpreta o seu nome), procurando apartar da fé o pro cônsul.

Diante dessas situações nós devemos fazer como Paulo e barnabé fizeram.

(Atos 13:9- 11) - Todavia Saulo, que também se chama Paulo, cheio do Espírito Santo, e fixando os olhos nele,

 - Disse: Ó filho do diabo, cheio de todo o engano e de toda a malícia, inimigo de toda a justiça, não cessarás de perturbar os retos caminhos do Senhor?

 - Eis aí, pois, agora contra ti a mão do Senhor, e ficarás cego, sem ver o sol por algum tempo. E no mesmo instante a escuridão e as trevas caíram sobre ele e, andando à roda, buscava a quem o guiasse pela mão.

Paulo e Barnabé logo viram que as atitudes de Elimas estava sendo influenciadas pelo o diabo para afastar não só o pro cônsul da fé mais muitos daquela região, assim a obra de Deus para ser feita exigiu deles autoridade no espírito,  hoje exige a mesma coisa de cada um de nós (Atos 13:12) - Então o pro cônsul, vendo o que havia acontecido, creu, maravilhado da doutrina do Senhor.

III. Momento Imprevisível como Lidar com eles.

Logo depois de um momento maravilhoso em que Deus tinha se manifestado poderosamente, Paulo e barnabé ainda se regozijando pela grandiosidade do poder Deus são pegos subitamente com a atitude de João marcos.

Eles saíram de pafos e foi para perge na panfilia e lá João marcos não tem mais o desejo de seguir com eles, e decide voltar para Jerusalém (Atos 13:13) - E, partindo de Pafos, Paulo e os que estavam com ele chegaram a Perge, da Panfília. Mas João, apartando-se deles, voltou para Jerusalém.

Mesmo que alguns nos deixe nós devemos continuar com o nosso objetivo pois o dono da obra é Deus e no serviço dele nós teremos muitas vezes deixar alguns para trás (Atos 13:14) - E eles, saindo de Perge, chegaram a Antioquia, da Pisídia, e, entrando na sinagoga, num dia de sábado, assentaram-se;

Depois de ter pregado na sinagoga em Antioquia onde enfrentou muito tumulto e perseguição por causa dos religiosos eles sacodem o pó dos pés contra aquela cidade eles entende que a palavra de Deus é valiosa demais para ser lançada para pessoas que não darão valor algum (Atos 13:51) - Sacudindo, porém, contra eles o pó dos seus pés, partiram para Icônio. Paulo e barnabé partem cheios de alegria no espírito santo para Icônio  onde chegaram com muita ousadia e determinação a rejeição de perge só sérvio para que os discípulos ficassem mais ousados. Enquanto os judeus novamente rejeitaram a palavra os habitantes de Icônio receberam  (Atos 14:1) - E ACONTECEU que em Icônio entraram juntos na sinagoga dos judeus, e falaram de tal modo que creu uma grande multidão, não só de judeus mas de gregos.

IV. Momento De Recuar.

Existe o momento de avançar com muita ousadia mais existem os momentos de recuar com muita sabedoria e os discípulos Paulo e Barnabe viram que o momento agora é de recuar para ganhar lá na frente e foi isto que eles fizeram saído as presas de Listra a Derbe  para a Licaônia para não prejudicar o grupo de novos cristão que tinha se entregado a cristo naquela região pois eles sabiam que a presença deles lá podia causar muitos tumultos e até mortes. (Atos 14:6) - Sabendo-o eles, fugiram para Listra e Derbe, cidades de Licaônia, e para a província circunvizinha;

Para seu irmão ou seu grupo crescer você muitas vezes tem que abrir mão de seus conceitos e idéias. Só assim você agira como Paulo e barnabé com uma visão completamente missionária.

Autor: Pastor Geciano Vieira

Amail: prgeciano@hotmail.com ou gecianovieira@yahoo.com.br

Site: gecianovieira.webnod.com.br  (SITE EDIFICAÇÃO ESPIRITUAL)

Blogg: prgeciano.blogspot.com

 

Pesquisar no site

Foto utilizada com a permissão da Creative Commons Neil Armstrong2  Redação: Pastor Geciano Vieira