Só Jesus Cristo é o Senhor

Os Feitos de Babel

Ao mesmo tempo – Os efeitos de Babel

Março 3, 2009, 1:22 am
Filed under: Convicções / Fé

Em Fevereiro de 2008, arqueólogos alemães e peruanos anunciaram a descoberta do monumento mais antigo que se conhece na América do Sul (Em português). Segundo eles, a praça circular foi erigida entre os anos 3500 e 3000 A.C. e situa-se na costa norte do Perú. As escavações mostram que a civilização surgiu no Perú ao mesmo tempo que as civilizações da Mesopotâmia e do sul da Ásia.

Peru Ancient PlazaRuth Shady, destacada arqueóloga peruana e conselheira do Instituto Nacional de Cultura do Perú, disse que a descoberta “levanta questões quanto ao que terá levado as civilizações a florescerem pelo planeta, mais ou menos na mesma altura“.

O artigo da UOL lembra: “Como as cidades surgiram em locais tão diferentes do planeta em um [sic] período próximo de tempo é ainda uma questão sem resposta.
___________________________________________________________________________

Claro que isto não é nenhuma “questão sem resposta” para os cristãos que acreditam na Bíblia, que sabem que as diferentes civilizações se dispersaram, num curto período de tempo, após o episódio de Babel (Génesis 11:9).

Muitos dos novos grupos de populações levariam consigo o conhecimento necessário para construir edifícios, causando o aparecimento brusco de civilizações, ao longo do planeta. Aqueles que não possuíssem esse conhecimento seriam obrigados a “começar de novo”, talvez em cavernas ou outros tipos de abrigo similares, estabelecendo tipos de sociedades diferentes para, mais tarde, o pensamento evolucionista racista enquadrar no seu conto de fada científico.

Esta dispersão dos novos grupos de populações está associado, também, ao aparecimento súbito das diferentes famílias linguísticas. Desta forma, não é surpreendente ler declarações como a de Bill Bryson, jornalista evolucionista, em Mother Tongue, a falar sobre a origem das línguas:

One of the greatest mysteries of prehistoric is how people in widely separated places suddenly and spontaneously developed the capacity for language at roughly the same time. It was as if people carried around in their heads a genetic alarm clock that suddenly went off all around the world and led different groups in widely scattered places on every continent to create languages” (Um dos grandes mistérios da pré-história está relacionado com o facto de pessoas de lugares muito afastados terem desenvolvido subita e espontaneamente, praticamente ao mesmo tempo, a capacidade da  linguagem. Foi como se as pessoas transportassem nas suas cabeças um alarme genético que, subitamente, despertou em todo o mundo e fez com que diferentes grupos espalhados em todos os continentes criassem línguas) (Bryson, B. (1991) “Mother Tongue“, England: London, pág. 14)

Do ponto de vista evolucionista, não há uma explicação cabal para o facto de as diferentes civilizações, assim como as famílias linguísticas, terem surgido repentinamente e quase ao mesmo tempo. O evolucionista vê-se na posição embaraçosa de ter de explicar por que razão os homens anatomicamente modernos andam pela Terra há cerca de 200.000 anos e há cerca de 5000 anos click… criaram cidades e línguas na mesma altura.

Quando as palas são retiradas, podemos ver que o relato de Génesis não mente naquilo que diz em relação à origem das civilizações e das líng

Pesquisar no site

Foto utilizada com a permissão da Creative Commons Neil Armstrong2  Redação: Pastor Geciano Vieira