Só Jesus Cristo é o Senhor

A fundação da Igreja

A fundação da igreja

O apóstolo Pedro é um personagem interessante descrito nos evangelhos. Ele parece ter sido uma pessoa apaixonada, talvez até impetuosa (considere João 13:6-10; Mateus 16:22-23). Ele não parece ter sido uma “pedra” durante o ministério na terra, como sugere o seu apelido. Na noite da traição, Pedro afirmou firmemente a sua lealdade para com Jesus, porém poucas horas depois ele negou o seu Senhor três vezes, até usando linguagem forte neste processo (Mateus 26:33-35, 69-75).

Alguns têm tomado o significado do nome de Pedro e ensinam que ele é a fundação da igreja do Senhor. Chegam a tal conclusão principalmente através de uma conversa entre o Senhor e Pedro em que Pedro identificou o Senhor e o Senhor prometeu estabelecer a sua igreja nesta “pedra” (Mateus 16:16-19). O Senhor disse, “Também eu te digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela” (Mateus 16:18).

Há vários problemas com esta interpretação destes versículos. Primeiro, as palavras gregas traduzidas como “Pedro” e “pedra” no versículo 18 são palavras diferentes; nem são do mesmo gênero! Depois Pedro descreveu Jesus como uma “pedra” (1 Pedro 2:8), usando a mesma palavra traduzida “pedra” em Mateus 16:18. A “pedra” sobre a qual Jesus edificou a sua igreja é o fato da sua divindade, o fato destacado na confissão de Pedro (Mateus 16:16).

Aqueles que obedecem ao evangelho devem confessar com a boca a sua fé em Jesus Cristo, como Filho de Deus (Romanos 10:9-10; Atos 8:37). Esta fé serve como base da justificação do homem (Romanos 1:16-17; 3:21-28).

Em Mateus 16:19, Jesus prometeu dar a Pedro as chaves do reino, sugerindo que o céu respeitaria qualquer coisa que o apóstolo ligasse ou desligasse. A Igreja Católica alega que esta passagem mostra a superioridade de Pedro, mas esta mesma promessa foi dada por Jesus a todos os apóstolos em Mateus 18:18 (o objeto em 16:19 é “te”, mas em 18:18 é “vos”). Não foi dada a Pedro nenhuma autoridade especial nesta passagem além daquela que todos os apóstolos exerceriam.

“Apascenta as minhas ovelhas” foram as palavras que Jesus disse a Pedro depois de sua ressurreição (João 21:17). Isto não significa que Pedro foi encarregado com uma responsabilidade diferente de todos os outros apóstolos? Certamente não. Todos os apóstolos deveriam ser guiados pelo Espírito Santo em toda a verdade (João 16:13), mas o Senhor falou especificamente a Pedro nesta ocasião por causa das negações do apóstolo mencionadas anteriormente neste artigo. Pedro negou o Senhor três vezes; Jesus lhe deu a oportunidade de reafirmar o seu amor por seu Professor três vezes.

Em Mateus 18:1, os discípulos perguntaram a Jesus: “Quem é, porventura, o maior nos reinos dos céus?”. Que oportunidade maravilhosa para o Senhor reafirmar a superioridade de Pedro, se Pedro fosse assegurar a posição especial que lhe foi atribuída, depois, pela Igreja Católica! Jesus não disse nada disso!

por Allen Dvorak

Leia mais sobre este assunto:
A Edificação da Igreja do Senhor

Pesquisar no site

Foto utilizada com a permissão da Creative Commons Neil Armstrong2  Redação: Pastor Geciano Vieira